segunda-feira, 18 de abril de 2011

Afinal, quem são os blogueiros progressistas ?

Por incrível que pareça, mais uma vez  o PIG se doeu com o sucesso dos blogueiros progressistas. Segundo o Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania, o tal André Forastieri do portal R7 perdeu seu precioso tempo nos achincalhando . Pelo fato do Encontro de Blogueiros de SP ter recebido o apoio de entidades sindicais, nos deu a alcunha de chapa-branca ou algo assim. Sem entrar no mérito da questão, o que o Eduardo já fez muito bem, gostaria de dividir com vocês minhas observações sobre os blogueiros progressistas. Afinal quem somos nós ?
Acho que a característica que mais me impressionou nos blogueiros, e que se revelou de maneira especial neste evento foi justamente a variedade de pessoas e acho que podemos dizer com orgulho que somos bastante reprensentativos da diversidade da sociedade brasileira; no último final de semana na Assembleia Legislativa, se encontraram pessoas de todas as idades, de classe média, de origem pobre, políticos, intelectuais, professores, policiais, artistas, moradores da periferia, de associações de bairros, lideres sindicais e da sociedade civil, negros, brancos, mulheres,  homens, enfim, pessoas das mais diversas formações, com uma característica em comum : o respeito e a tolerância ao jeito de ser do outro, a necessidade quase insuportável de falar, de ser ouvido, juntamente com a necessidade de ouvir e se reconhecer no outro. Alguns corajosos demais, outros com receio (com toda a razão que prudência manda) de expor suas ideias e perderem o seu sustento ou a estabilidade duramente conquistada, de serem perseguidos por não concordarem em ser mais um a dizer amém aos que querem manipular a informação e assim se manterem no poder.  Pessoas imensamente felizes em se encontrarem e finalmente poderem dizer : Finalmente, encontrei alguém que como eu, tem fome e sede de justiça ! Tenho certeza todos dormiram cansados e felizes noite passada.
Quanto ao adeptos do PIG, não sei se pode dizer o mesmo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário